Paróquia Nossa Senhora da Piedade | Histórico
66
page,page-id-66,page-template-default,ajax_fade,page_not_loaded,boxed

Histórico

    A atual cidade de Barbacena nasceu na cabeceira do Rio das Mortes, um local inicialmente habitado por índios puris. A região começou a ser explorada a partir do século XVII por bandeirantes oriundos de São Paulo à procura de ouro, pedras preciosas e mão de obra escrava. Os bandeirantes se estabeleceram no local chamado Borda do Campo, também denominado Campolide, onde erigiram a capela de Nossa Senhora da Piedade no ano de 1711, ao lado da Fazenda da Borda do Campo, de propriedade, desde o fim do século XVII, dos bandeirantes capitão-mor Garcia Rodrigues Paes e de seu cunhado coronel Domingos Rodrigues da Fonseca Leme e, por carta de sesmaria, desde 1703. Tal fazenda estava localizada às margens do Caminho Novo da Estrada Real para o Rio de Janeiro, empreendimento iniciado às expensas do capitão-mor Garcia Rodrigues Paes em 1698 e que Domingos Leme ajudou a concluir. Garcia Rodrigues Paes também recebeu carta de sesmaria das suas posses antigas na Borda do Campo em 1727. A propriedade, tempos depois, passou às mãos do inconfidente José Ayres Gomes. Em 1725, o quarto bispo do Rio de Janeiro, frei Dom Antônio de Guadalupe criou a Freguesia de Nossa Senhora da Piedade, que teve a antiga capela como matriz provisória até 1730, quando a sede foi transferida para a Capela de Nossa Senhora do Pilar na Fazenda do Registro Velho, (atual Sá Fortes) capela esta que caiu em ruínas e desapareceu por completo em meados do século XIX. O primeiro vigário foi o Pe. Luiz Pereira da Silva.

    Em 19 de agosto de 1728, na primeira visita pastoral de Dom Frei Antônio de Guadalupe, foi escolhido o “sítio da Igreja Nova” – a atual Matriz – quando em 9 de dezembro de 1743 foi demarcado o local pelo Pe. Manoel da Silva Lagoinha com uma Cruz de madeira e iniciada na mesma data a edificação do templo com as devidas licenças do bispo D. Frei João da Cruz.
    A Igreja foi projetada e arquitetada pelo mestre português José Fernandes Pinto Alpoim. Em 27 de novembro de 1748, a freguesia foi definitivamente transferida para a Igreja Nova de Nossa Senhora da Piedade (atual matriz). Em torno da Matriz da Piedade surgiu o “Arraial da Igreja Nova de Nossa Senhora da Piedade da Borda do Campo”, chamado também de Arraial ou freguesia da Borda do Campo ou ainda de Arraial da Igreja Nova do Campolide. O templo foi entregue ao culto pelo Pe. Antônio Pereira Henriques, então vigário, autorizado pelo primeiro bispo de Mariana Dom Frei Manoel da Cruz, por provisão de 15 de novembro de 1748. Neste mesmo ano chegou de Portugal a preciosa imagem de Nossa Senhora da Piedade que ocupa o trono do altar-mor e que a todos encanta pela beleza e expressão de dor.

    No ano de 1749 foi fundada a a Irmandade do Santíssimo Sacramento que deu continuidade às obras e adquiriu para a matriz valiosos objetos sacros de prata e imagens diversas. No ano de 1751 foi erigida a Irmandade de São Miguel e Almas e a Primitiva Irmandade do Carmo, que em 1890 originaria a Venerável Ordem Terceira do Carmo de Barbacena. Em 1754 foi fundada na Matriz da Piedade a Irmandade de Nossa Senhora da Boa Morte e anos mais tarde a Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos pretos, que em 1770 iniciou a construção de uma Igreja própria; tal irmandade só obteve aprovação régia em 1809. As obras de acabamento da Igreja Matriz prosseguiram até 1764, ano de sua conclusão. Durante quase três séculos mais de trinta paróquias se desmembraram do território inicial da Paróquia da Piedade.

    Por ocasião dos 250 anos da transferência definitiva da sede da Paróquia para a Igreja Nova (atual matriz) e da entronização, em seu interior da veneranda imagem da Padroeira, o saudoso Arcebispo Dom Luciano Pedro Mendes de Almeida a elevou à dignidade de Santuário.

    No dia 09 de dezembro de 2013, completam-se 270 anos do início da construção do atual Santuário, lugar privilegiado de irradiação da fé e de evangelização na Região Campos das Vertentes. A Paróquia se prepara para celebrar esta data memorável, promovendo uma campanha para a reforma do telhado. O número da conta para doações é 87000-5, Agência 0062-0, do Banco do Brasil. Assim, dá-se continuidade à construção de nossa história!

    Sobre os Párocos

    Nestes quase três séculos de sua história a Paróquia Nossa Senhora da Piedade percorreu de maneira brilhante uma verdadeira trajetória de fé. Sob a administração de seus ilustres párocos, ela vem reunindo uma diversidade de serviços prestados à Igreja, não só em Barbacena, mas em todo o Estado de Minas Gerais. Cada um dos sacerdotes que por aqui passaram, inclusive os vigários paroquiais e outros religiosos, souberam levar à frente o grande legado que receberam, enfrentando os desafios próprios de cada época, mantendo-se firmes no propósito de anunciar o Reino de Deus e promover a devoção à Santíssima Virgem, Nossa Senhora da Piedade.

    Segundo fontes do arquivo paroquial, fizeram parte dessa história, na qualidade de párocos:

    1.° – Pe. Luiz Pereira da Silva, (1726-27);

    2.° – Pe. Luiz Antônio de Castello Branco, (1727-32);

    3.° – Pe. José de Freitas, (1732-40);

    4.° – Pe. José Felipe de Gusmão e Silva, (1741);

    5.° – Pe. José de Freitas, (1774-42);

    5.°a – Pe. Simão Gonçalves de São José – interino, (1742-43);

    6.° – Pe. Manoel da Silva Lagoinha, (1743-46);

    7.° – Pe. Manoel de Loureiro, (1746-47);

    8.° – Pe. Francisco de Almeida Faria, (1748);

    8.°.a – Pe. Manoel Pereira de Azevedo – interino, (1748);

    9.° – Pe. Antônio Pereira Henriques, (1748-50);

    10.° – Pe. Antônio de Lima Soares, (1750-51);

    11.° – Pe. Jerônimo da Fonseca Alves, (1751-52);

    12.° – Pe. Feliciano Pita de Castro [Primeiro Vigário Colado], (1752-84);

    12.°a – Pe. Luiz Gonzaga Pereira – interino, (1769-72);

    12.°b – Pe. Dr. João Soares Aranha Brandão – interino, (1772-79);

    12.°c – Pe. José Dias dos Santos – interino, (1779);

    12.°d – Pe. Manoel Antônio de Faria Moreira – interino, (1784);

    12.°e – Pe. Antônio Monteiro de Souza Galvão – interino, (1784-86);

    13.° – Pe. Agostinho Pita de Castro [Segundo Vigário Colado], (1786-1816);

    13.°a – Pe. Manoel José de Oliveira – interino, (1816-17);

    14.° – Pe. José Joaquim Ferreira Armond, (1817-20);

    15.° – Pe. Antônio Marques de Sampaio [Terceiro Vigário Colado], (1821-39);

    16.° – Pe. Joaquim Camilo de Brito [Quarto Vigário Colado], (1839-56);

    16.°a – Pe. José Joaquim Corrêa de Almeida – interino, (1846-47 e 56-57);

    17.° – Pe. Jerônimo Gonçalves da Silva Macedo, (1857-58);

    18.° – Pe. José Augusto de Almeida, (1881);

    19.° – ­Pe. José Augusto Ferreira da Silva, (1882-98);

    19.°a – Pe. José Maria Ferreira Velho – interino [nomeado não tomou posse], (1898);

    19.°b – Pe. Antônio Carlos de Castro – interino (1898) e

    19.°c – Pe. Silvino Ferreira de Castro – interino, (1898) [cumulativamente o 19.°b e 19.°c];

    20.° – Pe. Marcos José de Oliveira Lopes, (1898-1900);

    20.°a – Pe. Antônio Carlos de Castro – interino, (1900-01);

    21.° – Pe. Júlio José Ferreira [não tomou posse], (1901);

    22.° – Pe. Antônio Carlos de Castro, (1901-08);

    23.° – Pe. Francisco Lopes de Araújo, (1908-18 e 23-32);

    23.°a – Pe. José Custódio Brandão Guedes – interino, (1917-20);

    23.°b – Pe. Raul de Azeredo Coutinho – interino, (1932-34)

    24.° – Pe. Raul de Azeredo Coutinho (1934-42);

    24.°a – Pe. Aristídes Clemente Teixeira – interino, (1942-43);

    25.° – Pe. José da Silva Lobo, (1943-49);

    25.°a – Pe. Cícero Sales – interino, (1948-49);

    26.° – Pe. Mário Quintão, (1949-67);

    27.° – Pe. José Alvim Bar­roso, (1967-86);

    27.°a – Pe. Joaquim Pessoa Machado – interino, (1986);

    28.° – Pe. Paulo Dionê Quintão (1986 a2003);

    29.° – Pe. José Antônio de Oliveira (2003 a2011);

    30.° – Pe. Geovane Luís da Silva (2011 a… atual).

©2012-2014 | Desenvolvido por  HAL XXI   

thời trang trẻ emWordpress Themes Total Freetư vấn xây nhàthời trang trẻ emshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữHouse Design Blog - Interior Design and Architecture Inspiration